domingo, 19 de fevereiro de 2012

Yoná Magahães - novelas da TV Globo

Em 1984 Yoná Magalhães voltava à TV Globo depois de uma temporada em São Paulo para mais uma etapa de bons trabalhos, finalizado em 1990 com a novela Meu Bem, Meu Mal.  Nos anos 1990 Yoná Magalhães não teve papéis de maiores destaque nas novelas. Nesse período fez várias novelas no horário das 18 Horas. Seu único papel de destaque foi em 1995, quando Silvio de Abreu escreveu para ela a Carmela Ferreto de A Próxima Vítima. Depois de mais um período de pequenos papéis, em 2008, Yoná Magalhães voltou ao sucesso pelas mãos de Gilberto Braga que escreveu especialmente para ela um grande sucesso, a Virgínia de Paraíso Tropical.


Amor Com Amor se Paga (TV Globo, 1984), novela de Ivani Ribeiro, marcou a volta de Yoná Magalhães à TV Globo. A novela era um "remake" de um antigo sucesso da autora, Camomila e Bem-me-Quer, exibida pela TV Tupi.
Yoná Magalhães e Carlos Eduardo Dolabella em Amor Com Amor se Paga
Yoná Magalhães em Amor Com Amor se Paga
Yoná Magalhães em Amor Com Amor se Paga

Yoná Magalhães em Amor Com Amor se Paga

Yoná Magalhães em Amor Com Amor se Paga

Yoná Magalhães em Amor Com Amor se Paga

Yoná Magalhães com Bia Nunes e Edson Celulari em Amor Com Amor se Paga

Yoná Magalhães em Amor Com Amor se Paga interpretou Grace, uma mulher com mania de produtos americanos, mãe de Mayara Magri
Outra elogiada atuação de Yoná Magalhães foi em Vida Nova (TV Globo, 1989), novela de Benedito Ruy Barbosa
Em Vida Nova Yoná Magalhães foi a Dona Lalá, uma ex-prostituta que sonhava dar uma vida digna à filha
Yoná Magalhães em Vida Nova

Yoná Magalhães (Lalá) e Carlos Zara (Antônio Sapateiro) em Vida Nova

O casamento de Lalá (Yoná Magalhães) e Antônio Sapateiro (Carlos Zara) foi um dos pontos altos de Vida Nova
Yoná Magalhães com Cláudio Correia e Castro, Marcos Winter e Carlos Zara em Vida Nova  
Yoná Magalhães e Carlos Zara em Vida Nova
Yoná Magalhães e Carlos Zara em Vida Nova
Yoná Magalhães e Carlos Zara em Vida Nova

Yoná Magalhães em Vida Nova

Yoná Magalhães em Vida Nova teve um excelente trabalho de composição de personagem. 
Yoná Magalhães em Vida Nova

Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal (TV Globo, 1990), novela de Cassiano Gabus Mendes 
Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal  

Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal  

Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal   
Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal  

Yoná Magalhães com Thales Pan Chacon em Meu Bem, Meu Mal 
Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal 

Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal era a milionária Valentina Venturini, casada com Henrique (Thales Pan Chacon), um garotão mimado pela irmã. Marcos Paulo e Silvia Pfeifer também estavam no elenco.
Yoná Magalhães em Meu Bem, Meu Mal 
Yoná Magalhães em Despedida de Solteiro (TV Globo, 1992), novela de Walter Negrão 

Yoná Magalhães em Despedida de Solteiro

Em Sonho Meu (TV Globo, 1993) Yoná Magalhães voltava a contracenar com Walmor Chagas. Na novela de Marcílio Morais ela era Magnólia casada com o Dr. Afrânio Guerra.
Em crise com o marido Afrânio (Walmor Chagas), Magnólia (Yoná Magalhães) tem um affair com um garotão, interpretado por Alexandre Lepiani
Yoná Magalhães e Walmor Chagas em Sonho Meu 
Yoná Magalhães em Sonho Meu  
Yoná Magalhães e Isabella Garcia em Sonho Meu

Em Sonho Meu, Magnolia (Yoná) era mãe de Lúcia (Isabella Garcia). A novela era baseada em duas novelas de Teixeira Filho, Idolo de Pano e A Pequena Órfã, antigos sucessos da TV Tupi
Yoná Magalhães e Isabella Garcia em Sonho Meu

Yoná Magalhães em Sonho Meu

Yoná Magalhães com Isabella Garcia e Walmor Chagas em Sonho Meu

Yoná Magalhães com Isabella Garcia e Walmor Chagas em Sonho Meu

Yoná Magalhães com Isabella Garcia em Sonho Meu
Yoná Magalhães com Patricia França numa cena de Sonho Meu 
Yoná Magalhães em Sonho Meu

Yoná Magalhães e Armando Bógus fizeram participação especial na novela Partido Alto, atuando como advogados de Betty Faria e Cláudio Marzo

A doce Anita era o papel de Yoná Magalhães de Era Uma Vez (TV Globo, 1998), novela de Walter Negrão 
Yoná Magalhães com Herson Capri e Andréa Beltrão em Era Uma Vez

Yoná Magalhães com Andréa Beltrão em Era Uma Vez    
Yoná Magalhães em Era Uma Vez

Em Vila Madalena (TV Globo, 1999), novela de Walter Negrão, Yoná Magalhães interpretou a escultora Bibiana, um dos destaques da trama
Yoná Magalhães com Cristiana Oliveira em Vila Madalena
Yoná Magalhães em Vila Madalena
Yoná Magalhães em Vila Madalena

Yoná Magalhães em Vila Madalena

Yoná Magalhães em Vila Madalena

Yoná Magalhães em Vila Madalena
Yoná Magalhães em Anjo de Mim (TV Globo, 1996), novela de Walter Negrão
Yoná Magalhães em Anjo de Mim

Agora é Que São Elas (TV Globo, 2003) foi mais uma novela do horário das 18 horas com participação de Yoná Magalhães. Na novela de Ricardo Linhares ela era Sofia. Vera Fischer (Antônia) era a protagonista da história.
Yoná Magalhães com Marisa Orth em Agora É Que São Elas

Yoná Magalhães com Miguel Falabella e Marisa Orth numa cena de  Agora É Que São Elas
Yoná Magalhães e Francisco Cuoco em Agora É Que São Elas

Yoná Magalhães e Paulo José em Agora É Que São Elas  
Yoná Magalhães em A Padroeira  (TV Globo, 2001), novela de Walcyr Carrasco     
Yoná Magalhães com Suzana Vieira em A Padroeira  
Yoná Magalhães com Debora Secco em A Padroeira  

Yoná Magalhães em A Padroeira  

Yoná Magalhães em A Padroeira  
Yoná Magalhães com Stênio Garcia em A Padroeira 

Em Senhora do Destino (TV Globo, 2004), novela de Aguinaldo Silva, Yoná Magalhães interpretou a Flaviana, contracenado com Glória Menezes (Laura) e Bárbara Borges (Jeniifer).
Yoná Magalhães na abertura da novela Senhora do Destino

Yoná Magalhães foi Flaviana, a sogra do bicheiro Giovanni Improtta (José Wilker) em Senhora do Destino

Yoná Magalhães em Senhora do Destino  

Yoná Magalhães em Senhora do Destino com Ludmila Dayer  
Yoná Magalhães com Glória Menezes e Bárbara Borges em Senhora do Destino 
Yoná Magalhães numa cena de Senhora do Destino

Em Negócio da China (TV Globo, 2008), novela de Miguel Falabella, Yoná Magalhães foi Suzete, mãe de Livia (Grazi Massafera)
Yoná Magalhães com Ricardo Pereira em Negócio da China 
Yoná Magalhães com Grazi Massafera em Negócio da China

Yoná Magalhães em Negócio da China 

Yoná Magalhães em Negócio da China 
Yoná Magalhães em Cama de Gato

Yoná Magalhães


fotos: acervo de Orias Elias - revistas amiga, contigo, sites diversos da internet

6 comentários:

  1. Gostei muito da Valentina de Meu Bem, Meu Mal, a história era muito boa, um folhetim de primeira, depois Yoná fez participações especiais em novelas das seis como Despedida de Solteiro e Sonho Meu, voltou a ser destaque em A Próxima Vítima como Carmela Ferreto, uma das raras vezes em que Yoná apareceu com um visual bem diferente, cabelo curto, estilo chanell e sempre linda. Depois ela caiu nas graças de Walter Negrão em 3 novelas consecutivas do autor, Anjo de Mim, Era Uma Vez e Vila Madalena, onde obteve mais destaque na última.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha César Vieira. Obrigado por sua colaboração.
      abs
      Orias

      Excluir
  2. adoro a Yoná ,que bom ver um blog pra essa atriz de muito talento,parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal que você gostou. Yoná Magalhães é uma atriz muito querida.
      abs
      orias

      Excluir
  3. Yoná é uma atriz maravilhosa: bonita, inteligente, talentosa, jovial. Espero vê-la em breve em alguma novela. Gostaria de vê-la como vilâ, contracenando com Eva Wilma ou Glauce Graieb. Seria ótimo. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Zaqueu. Yoná Magalhães é uma bela atriz. Realmente faz tempo que ela não interpreta uma grande vilã. Acho que ela só foi vilã uma vez em Uma Rosa Com Amor, em 1972. Fiquei sabendo que ela renovou contrato com a Globo até 2014. Deve estar pintando alguma personagem por aí. Vamos aguardar!
      obrigado pelo incentivo ao blog.
      abs
      orias

      Excluir