terça-feira, 13 de março de 2012

Yoná Magalhães em Paraíso Tropical

Paraíso Tropical (TV Globo, 2007) marcou o reencontro de Yoná Magalhães com o sucesso em horário nobre. Virgínia Batista, uma ex-vedete que levava uma vida à base de pequenos trambiques com o marido Belisário (Hugo Carvana) foi escrito especialmente para Yoná pelo autor Gilberto Braga, fã confesso da atriz.

A extraordinária química entre os veteranos Hugo Carvana e Yoná Magalhães foi um dos elementos responsáveis pelo sucesso das suas  personagens em Paraíso Tropical

O público do Brasil inteiro considerou um fenômeno a beleza estonteante de Yoná Magalhães em seus confessados 72 anos de vida

Virgínia (Yoná Magalhães) era uma das personagens mais queridas de Paraíso Tropical e Yoná foi muito elogiada pelo seu desempenho

Yoná Magalhães faz pose para a revista Ana Maria
Yoná Magalhães 

Carmem Verônica, incorporada na personagem Mary Montilla, por ela interpretada em Belíssima (novela de Silvio de Abreu, 2005) fez uma participação especial em Paraiso Tropical, como uma amiga de Virgínia (Yoná Magalhães) dos tempos do teatro de revista

Em Paraíso Tropical, Virgínia (Yoná Magalhães) era casada com Belisário Cavalcanti (Hugo Carvana) e sogra de Antenor (Tony Ramos), um bem sucedido empresário, que desaprovava o modo de vida irresponsável do pai. 

Um dos pontos altos de Paraíso Tropical, eram as brigas homéricas de Virgínia (Yoná Magalhães) com a síndica Iracema (Dayse Lúcidi). No final foi revelado o motivo da rivalidade: no passado Virgínia havia sido amante do marido de Iracema

Yoná Magalhães e Dayse Lúcidi

Yoná Magalhães e Dayse Lúcidi adoraram o convívio e o sucesso de suas personagens em Paraíso Tropical

Nas brigas de Virgínia (Yoná) com Iracema (Dayse Lúcidi), sempre sobrava alguma faísca sobre Pacífico (Nildo Parente), o zelador do Edício Copamar, onde as duas moravam.

Yoná Magalhães  

Paraíso Tropical também selou a amizade entre Yoná Magalhães e Alessandra Negrini, a protagonista da novela

Yoná Magalhães e Alessandra Negrini

Yoná Magalhães e Alessandra Negrini

Yoná Magalhães e Hugo Carvana em Paraíso Tropical

Yoná Magalhães e Hugo Carvana

Yoná Magalhães (Virgínia) e Vera Holtz (Marion) numa cena de Paraíso Tropical
Yoná Magalhães e Hugo Carvana

Virgínia (Yoná Magalhães) recebe as amigas travestís para um chá em seu apartamento, uma homenagem de Gilberto Braga a essa batalhadora classe de artistas. Yoná Magalhães adorou fazer a cena e foi homenageada pela categoria num show no Rio de Janeiro.

fotos: acervo de Orias Elias - revista Ana Maria, Contigo, jornal Agora e sites da internet

2 comentários:

  1. Paraíso Tropical foi mais uma excelente novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, a personagem Virgínia Batista era maravilhosa, Yoná arrasou, estava lindíssima como sempre, uma personagem especialmente pra ela onde teve espaço para mostrar que ainda é a eterna musa das novelas, dava gosto de ver seu talento e energia, Yoná é um grande exemplo para as mulheres.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS pelo blog!! Eu AMO Yoná desde criança e o seu acervo de fotos aqui é MAGNÍFICO!!!

    Eu adoraria ver uma entrevista com Yoná hoje, falando sobre sua carreira e revivendo personagens de novelas, filmes e peças. Não seria o máximo?

    Mais uma vez PARABÉNS e obrigado!

    ResponderExcluir